Deck

Escrevo um poema no mar
Enquanto minha alma de
Pássaro voa e leva a rosa
Os peixes estão de passagem
No horizonte metade mar
A outra metade anda
Com escamas entre rochas
O ouro se perdeu
A linha lançada içou o sol
O peixe come o pássaro morto

Claudia Almeida

2 comentários:

A filha da Baronesa - Daniela Possamai disse...

Linda sua poesia. Parabéns!!

Benny Franklin disse...

Amei, poetíssima! De prima, como sempre.