meus olhos são flores d´água
sangram o efêmero

claudia almeida

Nenhum comentário: