o rio passa pela semente
sem gosto, eterno
o pássaro canta
o remanso da vida.


claudia almeida

Nenhum comentário: